UN-SPIDER trabalha com parceiros na observação da Terra para a redução do...

UN-SPIDER trabalha com parceiros na observação da Terra para a redução do risco de desastre

SHARE

UNOOSA/UN-SPIDER e vários parceiros espaciais, comunidades de observação da Terra e de Proteção Civil e as organizações regionais e internacionais têm trabalhado juntos desde junho de 2014 como uma maneira de liderar os esforços em relação à incorporação do uso de Observações da Terra e Aplicações Espaciais no Quadro pós-2015 para Redução de Desastres (HFA-2), a ser lançado durante a Terceira Conferência Mundial sobre Redução de Risco de Desastres (WCDRR) que ocorrerá em Sendai, Japão no ano que vem.

Os parceiros incluem agências da ONU, organizações internacionais e regionais, as agências espaciais, universidades, ministérios e agências nacionais de proteção civil. Estes esforços foram aprovados por instituições do governo da República Federal da Alemanha, da República Popular da China, a República Dominicana e a República Islâmica do Irã.

Um dos principais objetivos do grupo é garantir que o texto existente sobre o uso de observações da Terra e Informações Espaciais no atual Quadro de Hyogo para Ação (HFA) seja introduzido no HFA-2. Outro objetivo é incentivar a incorporação de dados de Observação da Terra e produtos em vários dos indicadores que já foram propostos no quadro de monitoramento que acompanharão o HFA-2. Uma terceira atividade é a condução de uma sessão de trabalho durante a WCDRR em “Observações da Terra para apoiar iniciativas de redução do risco de catástrofe nacional e local”.

All of these efforts are geared to make the disaster risk reduction community aware that the quality of satellite sensors and access to and use of satellite imagery and services has greatly improved in recent years. Tremendous progress has been achieved through the continuous development of powerful algorithms and software to manage and process geospatial data and in innovative approaches to disseminate imagery and geospatial datasets in near-real time via geo-web-services, which can be used in disaster-risk management and emergency response efforts.

Todos os estes esforços são direcionados para conscientizar a comunidade de redução do risco de desastres que a qualidade dos sensores a bordo de satélites, o acesso e o uso de imagens de satélite e serviços melhorou muito nos últimos anos. Enorme progresso foi alcançado por meio do desenvolvimento contínuo de poderosos algoritmos e softwares para gerenciar e processar dados geoespaciais e em uma abordagem inovadora divulgar imagens e conjunto de geoespaciais quase em tempo rela via geo-web-services, que pode ser usado em gestão de riscos de desastres e nos esforços a resposta de emergências.

Leia a história completa:

UN-SPIDER: Promovendo o uso de observações da terra e aplicações espaciais nos anos vindouros

Fonte: UN-SPIDER