Jornal de El Salvador envia drones para cobrir eleições presidenciais

Jornal de El Salvador envia drones para cobrir eleições presidenciais

SHARE

Com a população de El Salvador em fila para votar para o novo presidente no início deste mês, o jornal La Prensa Gráfica enviou um drone para gravar vídeos da cobertura das eleições desde cima.

Esta é a primeira vez que alguém em El Salvador utiliza um drone para o jornalismo, La Prensa Gráfica anunciou. La Prensa tem um gráfico que explica as habilidades do drone. O DJI Phantom 2 Vision quadcopter faz fotos e vídeos de alta qualidade, é capaz de voar até 2.300 pés (716 metros), e pode permanecer em vôo durante 25 minutos, respondendo aos pilotos humanos de forma remota. O avião não tripulado passou por uma revisão no último mês de dezembro.

La Prensa segue alguns grandes exemplos do uso de drones no jornalismo na América Latina. La Prensa de Perú utilizou aviões não tripulados para apresentação de notícias sobre os trabalhos nas rodovias. No ano passado, os meios de comunicação brasileiros Folha de São Paulo e Globo utilizaram drones para oferecer diferentes pontos de vista das manifestações contra o gasto público e o aumento dos preços no transporte público. Considerando a dificuldade de estimar o tamanho das multidões, os olhos dos drones podem ser especialmente úteis para informar sobre as manifestações.

Os drones da Prensa Gráfica não pareciam haver captado nada de diferentes desta vez. Um vídeo mostra linhas curtas e gente tranquila nos lugares de votação. Somente em um lugar, uma escola, é possível ver os vontantes com seus telefones celulares tirando fotos do avião não tripulado voando sobre eles. Talvez as melhores fotos tiradas pelos drones foram aquelas que mostram os membros do partido Aliança Republicana Nacionalsta (Arena) na formação de discursos e em oração.

A corrida em El Salvador foi apertada o suficiente para obrigar a um segundo turno de votação.

Fonte: Popularscience