França se queixa de drone-espião na Copa

França se queixa de drone-espião na Copa

SHARE

A seleção francesa de futebol queixou-se com a Fifa, informando que alguém utilizou uma pequena aeronave não tripulada para observar o treinamento da equipe há alguns dias, na concentração perto de São Paulo. Isso ocorreu enquanto os jogadores treinavam para a partida contra Honduras, segundo a BBC. Pelo que se pode ver no vídeo, o quadricóptero parece ser um microdrone autônomo Phantom II com uma câmera de vídeo.

“Pelo visto os drones estão sendo cada vez mais usados”, disse o treinador da França, Didier Deschamps, à BBC. “Não queremos intrusões em nossa privacidade. É complicado lutar contra isso”. Deschamps não comentou sobre quem poderia ser responsabilizado pelo ocorrido, mas disse em uma entrevista feita pela Football Italia que acreditava que o drone havia sido operado por um potencial oponente da França ou por uma agência francesa de notícias.

Antes da partida, um repórter hondurenho afirmou que “o drone não era nosso”.

A FIFA não comentou ainda sobre a reportagem. A primeira menção ao incidente foi feita no dia 11 de Junho. O site francês BFMTV informou que a polícia local encontrou o operador do drone uma hora após a sobrevôo. Ele disse à polícia que “só queria se divertir, já que não poderia ir ao estádio” informou BFMTV. As acusações estão ainda pendentes.

Fonte: Ars Technica